terça-feira, 27 de junho de 2017

Reciprocidade.

Naquelas noites ela contava nos dedos quantas pessoas podia contar
E incluia ela mesma na conta, afinal era boa companhia para ela mesma
Depois percebeu que as pessoas que podia contar contavam com ela também  e então entendeu a reciprocidade.  Somos uns reflexo dos outros damos o que recebemos ...recebemos o que damos

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Morte

E então ela surge e te leva
Homenagens em vida, gratidão
Homenagens em morte, em vão
É não se leva nada
Senão a gratidão
Porque tudo que ficar
Não adianta nem enterrar, desenterrar
Será tudo em vão...

domingo, 11 de junho de 2017

De novo

A luta aperfeiçoa
Mas é preciso reconhecer
Porque por mais que se tenha experiência
Os  desafios não cessam
E se estiver atento
Reconhecerá o caminho certo

domingo, 4 de junho de 2017

E então estás sós.

Não importa a companhia é sós que atravessará o caminho
É sós que travará as grandes batalhas
Se não és uma boa companhia para si mesmo
Passará pelos mesmos caminhos
Sem chegar a lugar algum

terça-feira, 30 de maio de 2017

Debalde.

Eu vi a generosidade na riqueza e a indiferença na pobreza
Eu vi
O preconceito nos calmos e a tolerância nos loucos
Eu vi
Palavras bonitas nos distantes e a rispidez nos que são chegados
Eu vi
Palavras bonitas não movem moinhos o que move são ações, atitudes
Eu vi a inércia nos indiferentes e a ação nos que respeitam o próximo.



segunda-feira, 29 de maio de 2017

Meus sentimentos.

Quando se deu conta estava no caminho errado
O fogo que fez pegar esse caminho desaparecera e agora anda a passos tristes
Só a dor é capaz de fazer enxergar os erros a dor impõe silêncio, reflexão
Esse é o momento da trégua de se fazer escolhas de trocar o caminho...


sábado, 8 de abril de 2017

Acalento.

Procura e não encontra
Entristece
Retoma a vida
Não acha justo
Aborrece
Segue em frente e descobre que por onde procurou não tinha o que encontrar
Agradece
Por conseguir enxergar o outro caminho e achar o que procurava

domingo, 26 de março de 2017

A luta é séria.

Nesses dias só fechamos os olhos para dormir
Pode ser que um dia mereçamos umas horas de cochilo
Eu não consigo lembrar se já tivemos esse merecimento
Quando olho para trás vejo que progredimos
É eu não discuto o que já passou
Parados aqui matutando o futuro enxergamos nosso presente amedrontador
É eu não consigo lembrar de quantas vezes eu pensei em desistir para chegar até aqui
Mas eu nunca esqueço o que me faz seguir em frente ...

Troca.

A dinâmica é a mesma dar para receber
Demos para uns que acharam que foi pouco
Tem aqueles que queriam tudo de nós e nós não demos mais não achamos justo
Tiveram uns que não quiseram receber o que tínhamos para dar e demos para outros que adoraram receber
É preciso experiência para alcançarmos o equilíbrio de enxergar quem realmente dá e recebe na mesma proporção.

Lucidez.

Cada um com suas dificuldades
Cada um com suas faltas
Uns necessitam de amor, uns de dinheiro, uns de compreensão
A busca não para
As vezes se tem tanto mas só se presta atenção no que falta
As vezes falta tanto e só presta atenção no que tem
Há dias que o que falta não faz falta e o que se tem não se dá valor
E para os dias que sabemos exatamente o que falta sem deixar de valorizarmos o que temos
Seguir em frente é vital para a nossa sobrevivência.

Ocorreu um erro neste gadget